Durante a gravidez, além das mudanças no organismo, o funcionamento da tireoide também muda. Os hormônios oscilam, sendo importantes para o desenvolvimento saudável do feto. Entretanto, o mau funcionamento da glândula tireoide pode trazer problemas para a gestação. Veja algumas informações importantes sobre a tireoide na gestação:

Deve-se ter atenção com grávidas com mais de 35 anos, com história familiar e pessoal de doença tireoidiana e que tenham anticorpos positivos ou algum sintoma.

Até a 20ª semana, a tireoide do feto não está funcionando plenamente, exigindo muito da glândula da mãe.

O primeiro exame a ser realizado pela gestante deve ser a avaliação do hormônio TSH, na primeira avaliação de pré-natal. Esse exame avalia qual o risco de se desenvolver uma disfunção tireoidiana e diagnostica problemas que possam já existir. Se o exame apontar disfunção, é bom repeti-lo.

O mau funcionamento da tireoide pode contribuir para o aumento de sangramentos, abortos prematuros, etc... Já com relação ao bebê, pode causar problemas mentais, déficit cognitivo e aparecimento de bócio.

Para mulheres com dificuldade de engravidar, é importante avaliar os hormônios da tireoide. O hipotireoidismo e o hipertireoidismo podem ser fatores para infertilidade.

Se a gestante for diagnosticada com alguma disfunção na tireoide, o tratamento deve ser iniciado imediatamente.

Caso necessite de tratamento, a ingestão do hormônio tireoidiano deve ser diária e a dose deve ser ajustada de acordo com a evolução da gravidez.

Mesmo após o parto, o tratamento não deve ser abandonado se a mulher ainda apresentar o problema. Não se preocupe, o hormônio tireoidiano não faz nenhum mal ao bebê, que pode ser amamentado sem problemas.

Em alguns casos, os níveis de hormônios tireoidianos voltam ao normal após a gravidez. Porém, é importante que essas mulheres fiquem atentas, pois o risco delas voltarem a apresentar novos problemas na glândula é grande.

Nódulos da Tireoide

01 de dezembro de 2019

Nódulos de tireoide são bastante comuns. A tireoide é uma glândula com o formato de uma borboleta, localizada na frente do pescoço e que tem uma alta taxa de aparecimento de nódulos, principalmente em mulheres. Pode aparecer em...
Veja mais...